Museu Municipal de Loulé

pt | en |

Recreação do Estúdio Guerreiro Padre

Multimédia0

 

Em maio de 2018 o Museu organizou o Encontro de Fotografia Artesanal. Evocamos aqui um dos momentos que fizeram parte da sua programação – a Recriação do Estúdio Guerreiro Padre.
Ao longo dos cerca de cinquenta anos de existência do Estúdio Guerreiro Padre, mais conhecido pelo estúdio fotográfico da D. Guerreirinha (filha de Guerreiro Padre), na Avenida, acorrerem milhares de louletanos para aí se retratarem. Esses milhares de retratos chegaram ao nosso museu por doação da família da D. Guerreirinha em 1991.
O projeto “Desculpe, como me chamo?” que acontece mensalmente desde 2014, tem contado com um público fiel, que em muito contribuiu na identificação de cerca de 900 desses rostos.
Nesta iniciativa, recriámos o cenário original do Estúdio Guerreiro Padre e convidámos alguns louletanos a voltarem a retratar-se no mesmo cenário junto do seu retrato onde tinham sido retratados décadas atrás, desta vez, retratados à boa moda antiga, pelo fotógrafo João Barrinha, com a sua “Fabulosa Máquina de Fazer Parar o Tempo”.
O momento foi feliz e o resultado é o que aqui apresentamos…
 
Helena Miguel
Helga Serôdio
Paula Policarpo
 
 
  • Das pedras nascem estórias
  • Recreação do Estúdio Guerreiro Padre
  • Festa Grande da Mãe Soberana
  • Festa Pequena da Mãe Soberana